.:Banho e Magia Produtos Artesanais:.
 
Home Login Meus Pedidos Indique o Site Contato
 Busca Avançada
 






















 

 

.: Linha Terapêutica > Óleos Vegetais > Óleo de Rosa Mosqueta - Extra Virgem
Óleo de Rosa Mosqueta - Extra Virgem
R$ 58,00
 
Produto Esgotado!
Avise-me quando chegar!
    
Compartilhe
Compartilhe o produto

Disponibilidade: 1 dia(s) + Transporte.

Calcule o Frete e o Prazo de Entrega
Digite seu CEP:  

Formas de Pagamentos
Descrição Parcelas Obs
  .:Bradesco -
1 X 55,10
Desconto: 5,00%
  .:Itaú -
1 X 55,10
Desconto: 5,00%
  .:PayPal - Cartão Sem Parcelamento -
1 X 58,00
  .:PagSeguro - Cartão, Boleto, TEF -
1 X 58,00
  .:Mercado Pago - Cartão, Boleto -
1 X 58,00

Descrição do Produto

Produto Importado - Preço sujeito a variação cambial

Rosa rubiginosa
Origem: Chile
Extração: Prensagem a frio das sementes

Peso Líquido - 60 gramas = 64,935 ml - Tampa Spray

100% puro. Não refinado. Não desodorizado. Não modificado quimicamente. Sem corantes. Sem conservantes. Sem Óleo Mineral.

Indicado para todo tipo de pele.

As propriedades cosméticas do Óleo de Rosa Mosqueta são muito conhecidas. Ele é uma fonte de Vitamina C e carotenóides, rico em ácidos graxos insaturados, o que o torna um excelente regenerador dos tecidos, melhorando bastante a textura da pele. Já o ácido transretinóico (Vitamina A), outro de seus componentes, é o responsável pela propriedade mais famosa da Rosa Mosqueta, a de reduzir cicatrizes e apagar certos tipos de manchas. Estudos já comprovaram que esse ácido aumenta a velocidade de regeneração dos tecidos ativando os fibroblastos (células fabricantes de fibras sustentadoras, como o colágeno).

Os principais elementos que compõem o Óleo Vegetal puro de Rosa Mosqueta são:

Ácidos graxos não-saturados
- Ácido linoléico (entre 43% e 49%)
- Ácido linolênico (entre 32% e 38%)
- Ácido oléico (entre 14% e 16%)

Ácidos graxos saturados
- Ácido palmítico (entre 3% e 5%)
- Ácido palmitoléico (entre 0,1% e 5%)
- Ácido esteárico (entre 1% e 2%)
- Outros ácidos graxos como láurico, mirístico, araquídico, gadoléico e behênico (entre 0% e 1%)

Ácidos ativos
- Ácido transretinóico ou tretinoína natural (entre 0,01 e 0,1%)

Usos e Aplicações

O Óleo de Rosa Mosqueta é amplamente usado em tratamentos dermatológicos de cicatrizes antiestéticas, hipertróficas e hipercrômicas derivadas de golpes, traumatismos, cirurgias ou queimaduras. Também está sendo utilizado em cosméticos para atenuar as linhas de expressão, rugas, manter a hidratação da pele e despigmentação de peles hiperpigmentadas.

Alguns exemplos de sua aplicação:

- Rugas da pele por envelhecimento. A aplicação do Óleo de Rosa Mosqueta atua como ativador da regeneração das células epiteliais, devolve à pele seu aspecto firme e aveludado, diminuindo a profundidade das rugas.
- Fotoenvelhecimento, manchas escuras ou de pigmentação da pele devido à excessiva exposição ao sol. A aplicação do Óleo de Rosa Mosqueta atenua sensivelmente as manchas e muitas vezes desaparecem totalmente com o tempo.
- Tratamento de cicatrizes cirúrgicas e quelóides. O tratamento com o Óleo de Rosa Mosqueta devolve à pele elasticidade e cor natural, diminuindo o engrossamento epitelial.
- Tratamento das escaras produzidas pela Psoríase. O Óleo de Rosa Mosqueta acelera a normalização da pele em zonas afetadas.
- Tratamento de cicatrizes produzidas por queimaduras. O Óleo de Rosa Mosqueta acelera a recuperação do aspecto normal da pele.
- Tratamento de cicatrizes produzidas pela acne. O Óleo de Rosa Mosqueta suaviza as cicatrizes deixadas pela erupção, em alguns casos (dependendo do tipo de acne), o óleo pode inclusive ser aplicado durante a erupção, já que ajuda a cicatrizar rapidamente as pústulas.
- Tratamento de pele seca e eczemas. Aplicado periodicamente, o Óleo de Rosa Mosqueta trata eczema atípica, dermatites irritativas, eczema seborréica infantil, eczema varicosa e eczema discóide. Em todos estes casos atua reduzindo e eliminando a descamação da pele e a leve inchação que acompanha as zonas afetadas.

Indicações:

Regenerador de tecidos, tratamento de queimaduras, cicatrização de suturas, redução de cicatrizes antigas (hipertróficas, hipercrômicas e retráteis), quelóides, ulcerações, estrias, atenuar rugas e linhas de expressão, hidratar a pele, prevenir o envelhecimento precoce e o desenvolvimento de estrias na gravidez.

Sugestão de uso:

No Corpo: Após o banho aplique sobre o corpo ainda úmido ou molhado.
No Rosto: Aplique a noite após a higienização da pele.
Estrias, Cicatrizes e Manchas: Aplicar duas a três vezes ao dia com massagem até a completa absorção.

Precauções:  Uso Externo. Antes de usar faça o teste de sensibilidade. Interrompa o uso ao perceber qualquer irritação ou sensibilidade ao produto.

Antecedentes Científicos - Tratamentos com Óleo de Rosa Mosqueta

Tratamento de foto envelhecimento e dano solar

- Jama, Tufts University, Boston EE UU, janeiro de 1988. Terapias praticadas em 28 pacientes durante 3 meses, excelente resposta.
- IX Congresso Latino americano e Ibérico da IFSCC, Santiago do Chile, outubro de 1989. 60 pacientes tratados, resposta satisfatória.
- University of Wales, Inglaterra, janeiro de 1990, Departamento de Medicina. Tratados 20 pacientes em 12 semanas, com resultado significante para casos crônicos.
- Brisith Journal of Dermatology, Departamento de Dermatologia da Universidade de Milão, Itália, abril de 1990. Foram 2 meses de tratamento com muito boa resposta.
- Journal of the American Academy of Dermatology, outubro de 1986. Ensaios in vitro, casos de melanomas com resultados positivos garantidos.
- Journal of The American Academy of Dermatology, setembro de 1989. Tratamentos de 6 meses de duração de importância estatística.
- Journal of The American Academy of Dermatology, outubro de 1986. Casos de melasmas. Alternativa muito proveitosa.
- Journal of The American Academy of Dermatology, outubro de 1986. Casos de melanomas, terapias garantidas.
 
Tratamentos de acne e acne vulgaris

- British Journal of Dermatology, novembro de 1982. Tratados 48 pacientes satisfatoriamente.
- Tidsskrift for den Norske Geforening, maio de 1990, Noruega. Tratados 94 pacientes adequadamente.
- Semaine des Hospitaux de Paris, França, maio de 1980. Tratados 347 casos com um importante progresso.
- Journal of The American Academy of Dermatology, outubro de 1986, agosto de 1987 e abril de 1982. Tratamento altamente eficaz em 319 pacientes.
- Giornale Italiano de Dermatologia e Venerologia, setembro de 1986. Tratados 92 pacientes com resultados significantes.
- Drug Intelligence and Clinical Pharmacy, maio de 1983. Aplicado 16 semanas de tratamento em vários pacientes. Resultado satisfatório.
- British Journal of Dermatology, março de 1983. Tratados 76 pacientes. Resultado favorável.
- University of Iowa, College of Medicine, novembro de 1987. Resultado satisfatório.
- Journal of Investigative Dermatology, abril de 1986. Foram 3 meses de tratamento em 17 pacientes, com resultado satisfatório.
- Ata Dermatovenerológica, suplemento, Estocolmo, Suécia. Tratados 289 pacientes, significativa redução de acne vulgaris.
- Zeitschrift fur Haut Krank-heiten, Alemanha, julho de 1984. Tratados 40 pacientes durante 12 semanas com resultados significativos em acne vulgaris.
- Journal of The American Academy of Dermatology, março de 1984. Foram tratados 150 pacientes, com uma resposta clínica altamente significativa.
- Archives of Dermatological Research, EEUU, abril de 1976. Tratados 211 pacientes durante 8 semanas com resultados de importância estatística.
- Annales de Dermatologie et de Venerologie, Clínica de Tonkin, França, 1987. Tratados 60 pacientes em forma nodular de acne, com resultados significantes.
 
Tratamento de queratose e queratose actínica

- Ata Dermatovenerológica nº 61 de 1981, Estocolmo, Suécia. Tratados 34 pacientes nas palmas das mãos e plantas dos pés, com observáveis efeitos de melhora.  
- British Journal of Dermatology, abril de 1987. Tratamento em 19 pacientes, casos actínicos, resultados de utilidade.
- Journal of American Academy of Dermatology, outubro de 1986. Tratamento eficiente.
- Lancet Publicaciones, Fevereiro de 1982. Tratados 50 pacientes, com boa resposta, casos actínicos.
- British Journal of Dermatology, abril de 1987. Tratados 19 pacientes, tratamento favorável.
- Department of Dermatology, Central Hospital of Helsinky University, Finlândia. Tratados 60 pacientes, com resultados significantes.
- Dermatológica Publicaciones, Nº 166 de 1983, Nº 158 de 1979 e janeiro de 1982. Tratamentos em 45 pacientes, muito boa alternativa.

Tratamento sobre lesões e cicatrizes da pele

- American Journal of Obstetrics and Ginecology, agosto de 1982. Tratados 18 pacientes, com ótimos resultados.
- IX Congresso Latino americano da IFSCC, Chile. Resultado satisfatório em 60 pacientes tratados.

Tratamento de Psoríase

- Arquivos de Dermatologia, Departamento de Dermatologia da Universidade de Munique, Alemanha; abril de 1990. Resultados sobre 38 pacientes, altamente efetivo, 79% de índice de decrescimento de psoríase.
- Arquivos de Dermatologia da Kingston University, janeiro de 1987. Tratamento em 60 pacientes. Resultados: boa resposta, com mais de 50% de eliminação de psoríase após 6 meses de tratamento.
- Procedimentos da clínica MAYO, Rochester USA, dezembro de 1987. Tratamentos de 6 meses. Resultados: excelentes respostas.
- British Journal of Dermatology, fevereiro de 1980. Técnica terapêutica aplicada em 97 pacientes durante 6 semanas. Resultados: terapia eficaz.
- British Journal of Dermatology, março de 1981. Aplicação durante 14 semanas em 80 pacientes. Resultados excelentes, entre 75 e 100% de cura.
- Ata Dermatovenerológica, dezembro de 1979, informação suplementar, Estocolmo, Suécia. Ensaios ao acaso durante 6 semanas, notáveis efeitos benéficos.
- Ata Dermatovenerológica, Estocolmo, Suécia, dezembro de 1989. Ensaios efetuados no Hospital Marseling da Dinamarca. Resposta positiva com 75,85% de eficiência.
- Swiss Journal of Medicine, abril de 1975, Suiça. Ensaios excelentes em 24 pacientes.
- Medicina Cutânea Ibero-americana, Barclay Califonia EE UU, 1977. Foram tratados 32 pacientes com resultados altamente favoráveis.
- Departamento de Dermatologia, Universidade Central de Michigan EE UU, junho de 1989, Journal of the American Academy of Dermatology, abril de 1982. Ensaios em 15 pacientes durante 8 semanas. Resultado: moderadas nuanças de eritema.
- Hautarzt, Alemanha, janeiro de 1985. Tratamentos aplicados em vários pacientes durante alguns meses com significante benefício.
- Deutsche Medizinsche Wochenschrift, Alemanha, novembro de 1978. Aplicações em 134 pacientes, terapia altamente eficaz.
- British Journal of Dermatology, Universidade Central de Helsinky, Finlândia, junho de 1989. Aplicações em 34 pacientes, resultados eficazes.
- Departamento de Dermatologia, Hospital da Universidade de Genebra, Suiça, ano 1988. Tratamento em 65 pacientes. Resultado de importância estatística.

* Hipercrômica -  Manchas com tons que vão do marrom claro, passando pelo marrom escuro e, dependendo da causa, algumas adquirem um tom arroxeado/azulado/acinzentado. A estimulação do melanócito, célula que produz a melanina, é estimulada por fatores internos ou externos e passa a produzir pigmento em excesso tendo como resultado final a mancha.
* Hipertrófica - Cicatriz elevada, lembrando quelóide, mas que não se espalha dentro dos tecidos circundantes. É formada por aumento e supercrescimento de tecido cicatricial.

Manter a embalagem bem fechada longe do calor excessivo e da luz solar.

Para maiores informações, por favor visite a página do fabricante .
 
Produto Esgotado!
Avise-me quando chegar!


 

E-mail

Senha


Cadastre-se


Esqueceu a senha?
 
 

Shampoo Vegetal com Óleo de Argan e Pracaxi

Shampoo Vegetal com Óleo de Argan e Pracaxi
R$ 30,00
R$ 20,00

 
 

Solução de Calêndula com Andiroba e Tea Tree - 30 gramas

Solução de Calêndula com Andiroba e Tea Tree - 30 gramas
R$ 13,00
 


Produtos não testados em Animais



 

 

Home  | Embalagem: Vidro ou PET?  | Quem Somos  | Segurança e Privacidade  | Formas de Pagamentos  | Frete e Peso Bruto  | Prazo Postagem  | Troca - Devolução  | Tabela de Preços |
 

.:Banho e Magia Produtos Artesanais:.
.:Transforme seu banho e seu ritual de beleza cotidiano numa atividade prazerosa:.
Suzano - SP
Horário de atendimento - Segunda a Sexta-Feira das 07:00 às 16:00 Horas
(11) 4742-1041
sac@banhoemagia.com.br

Domínio: banhoemagia.com.br
Criado em: 14/04/2004 

 

 

 

Desenvolvido por Lojas Virtuais BR